quinta-feira, 26 de abril de 2012


Tente Sorrir Por Mim

Tente andar, já que os seus passos
seguiram outro caminho;
  já eu, tropeço descalço,
por entre rocha e  espinhos
e entre a multidão disfarço
sendo só mais um, sozinho.

Tente agora olhar pra sí
tantos anos se passaram
de quando não mais te vi,
-seus olhos me abandonaram-
cante, o quanto os meus por ti,
todo esse tempo choraram

Só outra coisa te peço
-posto que o meu teve fim-
com o brilho do universo,
pois teu sorriso era assim
tente junto ao seu sucesso
agora, sorrir por mim!

JJ Braga Neto

3 comentários:

Liliana Almeida disse...

Belíssimo!!
"Retrato" de Vida que já conheci...
Beijos!

Reflexo d'Alma disse...

Seu belo poema
me lembra um momento
da vida onde entendi
que não é possível fazer nada pelo
outro se não amar
ou esquecer.
Bjis

Vera Portella disse...

JJ BRAGA NETO!
È UMA HONRA TE RECEBER EM MEU MODESTO
ESPAÇO...fiquei imensamente feliz.
Eu me emociono ao ler seus poemas,
seus textos.Trabalhos maravilhosos!
Meus mais calorosos aplausos...
vera portella