quinta-feira, 24 de junho de 2010




BENDITO PECADO!

.

Benditas sejam as curvas
que percorro nesta estrada
bendito seja o calor
que nos queima na jornada
bendito seja seu cheiro
misto angélico e infernal
como bendito é o licor
da sua fonte divinal.
.
Bendigo vales e montes,
gêmeos, me ofertados;
bendigo a boca molhada
que à minha fica colada
bendito dentes cravados
seus lábios rubros inchados
e bendita seja a dor
que suas unhas no furor
do amor profano e sagrado
no meu dorso faz riscados
traça o mapa imaginário
do que me é santuário
paraíso e minha igreja;
e por fim bendita seja
com seus gemidos e gritos
bendito, mais que bendito;
bendito corpo suado!
.
JJBraganeto

6 comentários:

Jane Eyre Uchôa disse...

Grande JJ, maravilhosa sua obra e conjunto, vc tem o dom das palavras sabiamente bem colocadas, escritas com a alma, e nas entrelinhas mostrando toda a experiencia que um homem como vc possui. Muito lindooooo, amei . bjssssss da sua morena.

Sônia Rêgo Poetisa disse...

Que pecado maravilhosooooooooo.
Bjs no coração. `Sonia Rego Poetisa.

Maria Bonfá disse...

que lindo pecado.. e muito gostoso.. amei..esse é um pecado que vale a pena cometer..srsrsr
beijão

marilandia disse...

...como bendito é o licor

da sua fonte divinal. "

"BENDITO PECADO" nos brinda com o néctar de tu'alma em majestosos versos.
Beijos com carinho.
Marilândia

mochiaro disse...

JJ
As curvas somente não têm cantos vivos como permite contornar no vai e vem num balanço intenso.
Se essa curvas desenham um corpo de mulher nada melhor de deslizar nelas ao sentir que não se tem a resistência que as retas nos proporcionam.
Cantos vivos são concentrações de tensões e sempre nos fere em forma pontiaguda.
Bendito seja o Criador que nos ofertou esse corpo de curvas externas e até de ondas surfantes que percorremos sem esquecer as curvas que de dentro nos espera.

Embora as retas diminuam a distância nunca deixarei de percorrer esse caminho, mas longo em curvas que sejam até as mais perigosas.
Um abraço amigo
mochiaro

poeta entusiasta disse...

Encantei-me com seus poemas... estou honrada
pelo convite de visitar um blog tão rico no que diz respeito a difusão da poesia.

parabens