quinta-feira, 17 de junho de 2010



Cio da Vida
.
Chuva orgasmo da terra
que se excita molhada
agua correndo na senda
recantos, vales e fendas
prá que a terra extasiada
fremente fêmea excitada
que feliz entra no cio
venha seduzir a vida
e fecundando a semente
gere vida novamente!
.
. JJ.Braga Neto
(Direito Reservados)

7 comentários:

Maria Flor! disse...

LINDO - LINDO - LINDO!
Meus aplausos!

Grande Beijo!

Maria Flor

Maria Bonfá disse...

recebi a mensagem no orkut e vim te conhecer..fiquei extasiada diante da beleza de seu poema.. lindo..maravilhoso.. parabens..beijão

Catarina disse...

Lindo, maravilhoso!
Parabéns meu poeta!
Muito obrigada.
Beijão.

Geninha disse...

Poeta , vc me enviou o convite e aqui estou. Lindo demais teu blog, e o que escreves.
Parabéns!! Bjo!!

MARIA JOSÉ disse...

Super lindo! Voltarei com novo comentário. M@ José

MARIA JOSÉ disse...

Lindo, lindo! Parabéns!

MARIA JOSÉ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.